PR SISSOCO REVELA QUE RDC VAI ABRIR EMBAIXADA EM BISSAU

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, revelou que o seu homólogo da República Democrática de Congo garantiu-lhe que vai abrir uma Embaixada na Guiné-Bissau, como também enviará na próxima semana uma equipa técnica para trabalhar com as autoridades guineenses sobre a criação de uma comissão mista para aprofundar a cooperação entre os dois países.

Embaló fez estas revelações em declarações aos jornalistas este domingo, 18 de Julho de 2021, no aeroporto internacional Osvaldo Vieira, depois de acompanhar o Presidente, Antoine Tshisekedi Tshilombo, que esteve em Bissau para uma visita de 24 horas.

Sobre as sanções impostas a alguns oficiais militares, o chefe de Estado guineense disse que há uma má interpretação sobre a questão das sanções impostas a alguns oficiais guineenses, tendo explicado que o ministro da defesa nacional e a ministra do Estado dos Negócios Estrangeiros, estão a falar há algum tempo com o Comité das sanções das Nações Unidas. Acrescentou que vai deslocar-se a Nova Iorque e se não for, a ministra dos Negócios Estrangeiros vai e reunirá com o Comité das sanções.

“As sanções foram impostas, mas efetivamente isto já é extemporâneo. Os órgãos da soberania estão a funcionar regularmente e os militares já regressaram aos quartéis desde 2012, inclusive alguns já morreram “, assegurou, para de seguida avançar que na próxima semana vão receber uma resposta do Comité das sanções, porque é preciso atualizar isso.

Solicitado a falar sobre a resposta do seu homólogo da RDC no que concerne à criação de uma comissão mista entre os dois países, explicou que ficou surpreendido com a resposta do seu homólogo que mostrou-se engajado e prometeu a abertura de uma Embaixada da República Democrática do Congo na Guiné-Bissau. 

Salienta-se que o Presidente Umaro Sissoco Embaló, agraciou com medalha a  Amílcar Cabral, o Presidente da República Democrática do Congo e também Presidente em exercício da União Africana, Félix Antoine Tshisekedi Tshilombo, a mais alta distinção da Guiné-Bissau. 

Por: Assana Sambú 

Foto: Cortesia do Jornal Nô Pintcha 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.