BETO “FORÇA A SAÍDA” AO PORTIMONENSE

O futebolista guineense, Norberto Gomes Betuncal, que foi um dos grandes destaques no campeonato português de futebol na época passada, está a “forçar a sua saída” do seu clube [Portimonense] sabendo que a direção do clube terá rejeitado uma proposta da Udinese da Itália por considerar o valor demasiado “baixo”.

A informação foi avançada pela imprensa desportiva portuguesa, consultada esta terça-feira, 24 de agosto de 2021, pela secção desportiva do Jornal O Democrata, na qual refere que o avançado guineense não gostou da decisão tomada pelo clube português e terá mesmo pedido para falar com a direção do Portimonense e com o treinador Paulo Sérgio para não jogar na próxima jornada do campeonato.

Conhecido no mundo de futebol por “Beto”, o jogador guineense, que nasceu em Portugal, está blindado por uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros e o clube algarvio, pela voz do seu presidente, Rodiney Sampaio, disse que o jogador pode sair do clube se as propostas se aproximarem dos 20 milhões de euros (metade da cláusula de rescisão) ou 10 milhões, por metade do passe.

Segundo o Jornal Abola, a proposta apresentada pelo clube italiano não chega a esses números, mas Beto encara-a como uma excelente oportunidade para dar o salto, tendo manifestado esse desejo à Administração, tentando sensibilizá-la.

Beto, que declinou convite para jogar pela seleção  da Guiné-Bissau no mês de Março último, está a ser seguido por vários clubes, incluindo o FC Porto. O treinador portista, Sérgio Conceição, aprecia a qualidade do jogador, devido à sua estrutura física e pode ser substituto à altura de Moussa Marega, que se transferiu para o Al Hilal da Arábia Saudita no final da época passada.

No último domingo no final do jogo frente ao Tondela, o treinador do clube, Paulo Sérgio, disse que não queria perder Beto, mas que o mercado ainda estava aberto, deixando a dúvida sobre uma possível saída do jogador.

“No meu caso, quero que o mercado de transferências de jogadores feche para não sair ninguém, mas quero que seja aberto para ter mais alguém, portanto é complicado. Mas sei que a nossa administração está a tentar arranjar mais algumas soluções e obviamente eu fico feliz quando os meus jogadores vão para patamar superior honestamente e acho que fico feliz por contribuir para isso. Agora se pergunta se gostaria de manter, obviamente”, justificou Sérgio.

Fã de Samuel Eto’o, Thierry Henry e Van Persie, o avançado guineense fez um total de 42 jogos, tendo marcado 11 golos e três assistências. Na última temporada, o jogador teve uma média de quase um golo a cada duas partidas. Na presente época, que arrancou no mês passado, Beto já disputou 5 jogos oficiais pelo Portimonense e marcou 2 golos.

Na última jornada foi um dos jogadores que contribuiu pela vitória do seu clube frente ao Tondela por 3-0 no terreno do adversário directo. Beto marcou um dos três golos da partida aos 35 minutos da partida.

Beto, de 23 anos, tem o contrato até 2023 e continua a ser alvo de abordagens de vários clubes fora de Portugal, mas a SAD avisa que não conversará por um valor abaixo da fasquia.

Por: Alison Cabral

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.