Mundial 2022: “DJURTUS” JÁ ESTÃO NO SENEGAL PARA INICIAR PREPARAÇÃO DE FASE DE QUALIFICAÇÃO

Uma parte da delegação da seleção de futebol da Guiné-Bissau partiu esta manhã com o destino ao Senegal, onde os “Djurtus” vão concentrar-se antes de deslocação à Mauritânia para defrontar a sua congénere da Guiné-Conacri, no jogo a contar para a primeira jornada da fase de qualificação da zona africana para o Campeonato do Mundo, a realizar-se no Qatar em 2022.

A Guiné-Bissau devia receber no seu reduto a seleção da Guiné-Conacri na primeira jornada, mas devido a interdição do Estádio Nacional 24 de setembro em Bissau, a Federação de Futebol (FFGB), foi obrigado recorrer ao estádio da Mauritânia para o jogo do dia 1 de setembro.

A Guiné-Bissau não conseguiu cumprir dentro do prazo as recomendações da Confederação Africana de Futebol (CAF) para a melhoria do recinto.

Após o jogo com a Guiné-Conacri, a comitiva da Guiné-Bissau vai deslocar-se ao Sudão para defrontar a seleção local para o jogo da segunda jornada da mesma competição, que será no dia 07 de setembro, de acordo com o calendário da Confederação Africana de Futebol (CAF), organismo que dirige o futebol em África.

Segundo as informações consultadas pela secção desportiva do Jornal O Democrata, na página oficial da FFGB no Facebook, integram a comitiva várias estruturas, com destaque para a equipa técnica da seleção nacional, liderada por Baciro Candé.

Em declarações ao gabinete da assessoria desportiva da FFGB, o selecionador nacional, Baciro Candé, prometeu muito trabalho nesta dupla jornada da fase de qualificação.

“Vamos com muita vontade e com os mesmos pensamentos de fazer o nosso trabalho. Embora não existam jogos iguais, estes dois jogos são extremamente importantes  para nós : pela primeira vez na história vamos disputar a fase de qualificação para o mundial, por isso, estou confiante que Deus vai nos ajudar nesta caminhada”.

Na comitiva também viajou o presidente da Associação dos Jogadores e alguns dirigentes dos clubes nacionais a convite da direção executiva da FFGB. O presidente do clube de Arados de Nhacra, Mamadu Serifo Djaló, disse que dois embates serão desafios  importantes para Guiné-Bissau na realização do seu objetivo.

A comitiva de Bissau instalará numa das unidades hoteleiras na região de Thiès, a cerca de 72 km da capital do Senegal, Dakar, para aguardar a chegada dos 25 jogadores convocados para os jogos contra Guiné-Conacri e Sudão.

De recordar que a Guiné-Bissau figura no grupo I da fase qualificação da zona africana para Mundial 2022, juntamente com a Guiné-Conacri, Marrocos e Sudão.

Na primeira jornada a Guiné-Bissau joga com a Guiné-Conacri e Marrocos recebe a visita do Sudão. Na segunda jornada a seleção nacional vai deslocar-se ao Sudão e a Guiné-Conacri recebe no seu reduto a seleção Marroquina.

Por: Alison Cabral 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.