GUINÉ-BISSAU TERMINOU A PRIMEIRA EM DESVANTAGEM FRENTE À GUINÉ-CONACRI

A Guiné-Bissau terminou a primeira parte do jogo frente à Guiné-Conacri em desvantagem, por 1 a 0, graças ao golo de François Kamano, aos 7 minutos da partida.

O jogo da primeira jornada de qualificação da zona africana para o Campeonato do Mundo a disputar-se  no Qatar, em 2022, decorre no Estádio Olímpico da Mauritânia, devido à interdição do Estádio Nacional.

A seleção nacional realizou uma partida muito fraca durante os primeiros 45 minutos. É visível a falta de ritmo de vários jogadores.

A Guiné-Bissau não conseguiu criar uma oportunidade  clara para fazer o golo, porque não houve transição do meio campo para ataque. No capítulo das jogadas individuais, podemos destacar as exibições de Morreto Cassamá e Fali Candé, que foram melhores jogadores durante a primeira parte.

Embora a equipa adversária não estivesse a realizar também grande jogo, mas teve controlo da posse de bola, que lhe permitiu fazer o golo na única oportunidade que teve, ao minuto 8.

O encontro arrancou às 16h00 no Estádio Olímpico da Mauritânia, emprestado à Guiné-Bissau.

Seis alterações absolutas no onze inicial da Guiné-Bissau e para não deixar campo aberto à seleção da Guiné-Conacri. 

O onze  da Guiné-Bissau: Jonas Mendes, Nanu, Opa Sangate, Rudi, Fali Candé, Bura, Alfa Semedo, Piquete, Moreto, Mama Baldé e Joseph Mendy.

A Guiné-Conacri alinhou de início com: Aly Camará, Ali Camará, Florentin Pogba, Issiaga Sylla, Abdoulaye Cissé, Amadou Diwara, Mamadu Kane, Mady Camará, Naby Keita, François Kamano e Mohamed Bayo.

A Guiné-Bissau joga pela primeira vez a fase de qualificação para o mundial. Integra o grupo I, juntamente com Guiné-Conacri, Sudão e Marrocos.

Por: Alison Cabral

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.