Liga dos clubes: DEMBO SISSÉ ELEITO PRESIDENTE COM 56,7% DE VOTOS

Dembo Sissé foi eleito presidente da Liga Guineense dos Clubes de Futebol (LGCF), obtendo 21 dos 37 votos em disputa (56,7%), anunciou o Presidente da Comissão Eleitoral, Cabi Sanhá, no congresso realizado hoje, 21 de setembro de 2021, em Bissau.

O antigo presidente do FC Cupelum derrotou Saná Djau, atual presidente de FC Binar, que teve 16 votos (44,3). Sissé, sucede o empresário Fernando Tavares “Bené”, que tinha sido eleito em Outubro de 2017.
Segundo os estatutos da LGCF, que a seção desportiva do Jornal O Democrata consultou, o mandato é valido para quatro anos.

Ouvido pelo O Democrata após o anúncio dos resultados eleitorais, o mandatário de Dembo Sissé, Justino Sá, satisfeito, disse que a nova direção vai contar com todas as valências para a mudança do paradigma de futebol do país.

Segundo explicações de Sá, o presidente eleito pretende transformar a instituição num grande “sindicato” dos clubes nacionais nos próximos 4 anos do mandato. No seu manifesto eleitoral que foi sufragado pelos sócios, Sissé elencou três eixos fundamentais para a mudança na LGCF, nomeadamente a afirmação da instituição que luta por interesse dos clubes, redinamizar os clubes e trazer para a ribalta o futebol nacional.

Em reação aos resultados eleitorais, o mandatário do candidato derrotado, Mamadu Serifo Djaló, considerou os resultados eleitorais justos e transparentes.

“O que temos para dizer é agradecer todos os clubes que votaram na candidatura de Sana Djau e parabenizar àqueles que não votaram nele. Achamos que estamos num processo democrático em que a maioria decidiu confiar no candidato vencedor”, explicou Mamadu Serifo Djaló.

O processo eleitoral que decorreu na sede da LGCF, não teve incidentes, embora houvesse alguns dirigentes de clubes que foram impedidos de votar, porque as credenciais estavam sem carimbo dos  seus clubes.

Tanto Dembo Sissé quanto Sana Djau não compareceram ao ato eleitoral. O Democrata tentou sem sucesso obter as primeiras reações do novo presidente da LGCF.

Os observadores do futebol nacional consideram presidente eleito da LGCF, uma figura muito próxima ao presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), Carlos Mendes Teixeira “Caíto”.
A direção cessante liderada por Fernando Tavares (Beto), que disputou a liderança da FFGB, não concorreu ao segundo mandato.

Por: Alison Cabral    

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.