Boletim semanal Covid-19: A GUINÉ-BISSAU REGISTA REDUÇÃO SEMANAL DE CASOS DE INFEÇÃO

Nas últimas sete semanas a Guiné-Bissau tem registado uma descida de números de novos casos de infeção por coronavírus (395, 284, 136, 120, 58,22 e 9), isto é de 395 novos casos (o pico da terceira vaga) para 9, anunciou o Alto Comissariado  para a Covid-19 (AC). 

De acordo com os dados do AC de segunda-feira, 4 de outubro de 2021, foram registados de 27 de setembro a 03 outubro apenas 9 novos casos e 48 recuperados, totalizando desde o início da pandemia, 6.112 acumulados, dos quais 5,338 recuperados, 135 óbitos por Covid-19, 06 óbitos com Covid-19 e 633 ativos.

“Foram analisadas 1059 novas amostras e reapreciadas 51, de 27 setembro a 03 de outubro”.

O boletim indica que a região sanitária de Bissau registou 4,548 casos acumulados, dos quais 4, 327 recuperados, 78 óbitos por Covid-19, 4 com Covid-19 e 138 ativos.

A região sanitária de Oio mantém o registro de 362 casos acumulados, dos quais 176 recuperados, 06 óbitos e 180 ativos.

A região de Biombo regista 270 casos acumulados, dos quais 226 recuperados, 24 óbitos por Covid-19, 2 óbitos com Covid-19 e 21 ativos.

A região de Cacheu registou 227 casos acumulados, dos quais 149 recuperados, 02 óbitos e 77 ativos.

Na região sanitária de Bafatá, os dados mantêm-se em 183 casos acumulados, dos quais 126 recuperados, 16 óbitos e 39 ativos.

A região dos Bijagós registou 180 acumulados, dos quais 68 recuperados, 2 óbitos e 110 ativos.

A região sanitária de Gabú tem um registo de 132 casos acumulados, dos quais 102 recuperados, 4 óbitos e 26 casos ativos.

A região de Quínara registou 100 casos acumulados, dos quais 70 recuperados, 2 óbitos e 27 ativos.

Na região de Tombalí, os dados mantêm-se em 81 casos acumulados, dos quais 65 recuperados, um óbito e 15 ativos.

A região sanitária de Farim mantém o registo de 27 casos acumulados, todos recuperados.

E a região sanitária de Bolama registou 02 acumulados, todos recuperados.

De acordo com AC, está internado no centro de tratamento da Covid-19 1 paciente no Hospital Nacional Simão Mendes (um indivíduo de sexo masculino).   

Por: Epifânia Mendonça

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.