CAN2021: PELÉ DESPERDIÇA PENÁLTI E GUINÉ-BISSAU CONTINUA SEM VENCER NA PROVA

A seleção de futebol da Guiné-Bissau perdeu esta noite nos Camarões, a oportunidade de alcançar a primeira vitória no Campeonato Africano das Nações (CAN2021),  numa partida frente à seleção do Sudão do grupo D, após desperdício de uma grande penalidade na parte final da partida.

Os “Djurtus” não conseguiram mais do que um nulo frente à seleção do Sudão. Na partida que ficou marcada pela ausência de seis jogadores nacionais infetados com Covid-19, os “Djurtus” dominaram o jogo, não souberam  aproveitar as oportunidades para fazer história no CAN,  uma vez que nunca conseguiu uma vitória. 

Os pupilos orientados por Baciro Candé,  entraram melhor no jogo e aos 15 minutos tiveram a oportunidade para abrir o marcador pelo avançado

Joseph Mendes, após um livre convertido por Morreto Cassama, mas Mendes não teve tranquilidade para fazer golo.

Apesar do desperdiço de Mendes, a seleção nacional dominou a posse de bola durante os 45 minutos, mas não soube transformar esse dominio em golos.

Na segunda parte, o Sudão entrou bem, embora a partida estivesse equilibrada durante meia hora. Os dois selecionadores fizeram alterações que permitiram a Guiné-Bissau voltar a assumir a partida em busca de fazer história, mas pecou no capítulo  de transição dos passes no último terço do estádio.

No melhor período apareceu a melhor ocasião, num misto de azar e muita pontaria por parte dos guineenses.  

O guarda-redes do Sudão cometeu uma grande penalidade e Pelé teve oportunidade de conseguir o melhor começo possível para a seleção da Guiné neste CAN. 

O médio do Monaco atirou fraco para defesa do guardião do Sudão e, na recarga, Piqueti acertou na trave.

Mesmo desperdiçando a grande penalidade, os Djurtus fizeram tudo nos minutos finais para garantir o triunfo.
A seleção da Guiné-Bissau ainda teve uma grande oportunidade logo a seguir, mas um defesa do Sudão tirou em cima da linha de golo e segurou o nulo.
O país participa pela terceira vez no CAN e soma sete partidas sem vencer: três  empates 4 derrotas. 

No outro jogo do mesmo grupo,  a Nigéria venceu o Egito por uma bola sem resposta. A Nigéria isolou-se no topo do grupo com três pontos, seguido pelo Sudão e Guiné-Bissau, ambos com um ponto. O Egito está  no último lugar com zero pontos. 

Na segunda jornada a Guiné-Bissau defronta o Egito e Nigéria joga com o Sudão.

O médio guineense Pelé, que desde início da época não jogou pelo seu clube,  foi o primeiro jogador a desperdiçar uma grande penalidade no CAN2021.
A 33.ª edição da Taça das Nações Africanas estava marcada para 2021, mas acabou por ser adiada para 2022 – apesar de manter a designação CAN2021 – para não coincidir com a Copa América e o Euro 2020, que foram adiados, devido à pandemia de covid-19.

Por: Alison Cabral 

Author: O DEMOCRATA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.