Figura da semana: PATCHE DI RIMA CELEBRA VINTE ANOS DE CARREIRA COM UM DISCO DE OURO NO SEU “BARKAFON” 

O jovem músico guineense Apatche Liga Có (Patche Di Rima) celebrou este ano 20 anos da carreira musical, com um concerto realizado em Lisboa (Portugal). A comemoração dos 20 anos da carreira celebrados no passado dia 27 de agosto de 2022, contou com a participação da cantora Karyna Silva Gomes, Maio Cope, Kimi Djabate, jovens do agrupamento Bidjola Fulugo, grupo cultural Netos de Bandim e do músico cabo-verdiano, Grace Évora.

Patchi Di Rima e a sua banda cantaram e encantaram o público com as suas músicas em ritmos tradicionais da Guiné-Bissau, como o gumbé, a tina ou singa, demonstrando mais uma vez a sua paixão pela música e reafirmou o seu foco na “Guinendadi”.

O músico e compositor conta com três álbuns ao longo dos 20 anos da sua carreira, designadamente: o Genial do amor em 2005, o Rendez-vous de Sikó em 2011, com o qual ganhou o “Disco de Ouro” e o álbum Maratona de Amor, em 2019.  

BIOGRAFIA

Apatche Liga Có nasceu na Guiné-Bissau. Cedo sentiu a paixão pela música, mas tudo começou a tomar rumo no ano 2000. Em 2003 venceu o Festival da Música Nacional. Em 2014 foi distinguido com Disco de Ouro, graças ao seu álbum “Rendez-vous de Siko” [2011], com a venda de dez mil (10.000) cópias. Nos 20 anos da carreira musical, Patche di Rima produziu e editou vários projetos de compilações musicais, com destaque a “Guiné no Coração” [2006] e “Projeto Horizonte” [2008]. 

Lançou o seu primeiro álbum discográfico a solo “Genial Amor” com a editora Sons d’África, em 2005.  O jovem músico conta com várias participações em coletâneas musicais a nível dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Para além do Best Of, em fevereiro de 2019 brindou os seus fãs com o novo álbum “Maratona de Amor”. Em 2020 gravou o hino dos 50 anos do PARIS SAINT GERMAIN, com a grande multinacional francesa UNIVERSAL MUSIC FRANCE.

O músico e empreendedor na indústria criativa, merchandaising, brindes publicitário e comunicação, foi várias vezes animador e compositor da campanha nacional sobre a prevenção de várias doenças e em defesa da paz e dos direitos humanos com destaque ao tema “Paz pa Guiné-Bissau”. É fundador da produtora Agência Guineense de Imagem  (AGI) e GUIGUY RECORDS em 2010. Fez parte das 16 figuras mundiais que deram a cara à mensagem para o dia internacional da PAZ em NOVA YORK.

Por: Epifânia Mendonça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.