Figura da Semana: LUSO-GUINEENSE VENCE O CONCURSO E TORNA-SE EMBAIXADOR DE “AFRICAN DIÁSPORA MILTON KEYNES”

O adolescente luso-guineense, Ismael Samati, baterista de 15 anos de idade, foi o grande vencedor do concurso “African Diáspora Milton Keynes Got Talents 2021” a tocar a bateria, realizado no início do mês em curso na Inglaterra e doravante vai ser o Embaixador do “African Diáspora Milton Keynes Got Talents” por um ano e passar a atuar em eventos públicos como baterista. A primeira edição de talentos show que juntou diferentes modalidades de talentos dos países africanos foi organizada por um grupo de cidadãos de diferentes nacionalidades africanas, nomeadamente, Tanzânia, Zimbabué, Somália e Guiné-Bissau.

Em entrevista por telefone, Ismael Samati revelou ao jornal O Democrata que nunca teve uma única aula de bateria, apenas aprendeu a tocar sozinho desde aos 4 anos de idade e mais tarde foi tentando melhorar as suas qualidades com ajuda de vídeos no YouTube.

“Soube do concurso da minha irmã mais velha e inscrevi-me. Quando tinha quatro anos de idade, a minha mãe comprou-me uma bateria e aprendi a tocar sozinho e mais tarde tive ajuda do YouTube, mas nunca tive uma única aula de percussão” frisou, para de seguida dizer que não esperava que fosse ficar em primeiro lugar e ser o embaixador do African Diáspora Milton Keynes Got Talents por um ano e passar a atuar em palcos públicos como baterista.

BIOGRAFIA

Ismael Samati nasceu em Portugal de pais guineenses a 15 de junho de 2006. Frequentou ensino secundário em Inglaterra, país pelo qual deixou Portugal quando tinha seis anos de idade. O adolescente baterista aproveitou, durante a pandemia, as plataformas online para melhorar as suas qualidades. Usava Instagram Live para animar as pessoas com música como DJ.

Quando tinha quatro anos, o miúdo lidava com a bateria que a mãe lhe comprou. Ismael Samati confessa ter aprendido a tocar sozinho o instrumento que agora o projetou, mas nunca teve uma única aula de bateria e só mais tarde teve ajuda do YouTube.

Por: Djamila da Silva

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.